CURSOS DO NEAD-UEM ENTRAM NO GUIA DA FACULDADE
03/11/2021 - Novidades


Três cursos da modalidade a distância da Universidade Estadual de Maringá foram classificados no Guia da Faculdade, recebendo pontuação acima da média.

O Guia é uma avaliação do Estadão em parceria com uma startup educacional. São cerca de 9 mil coordenadores voluntários para participar do processo avaliativo, eles dão notas de 01 a 05 para o projeto pedagógico, a qualidade do corpo docente e infraestrutura das graduações, tanto do bacharelado quanto da licenciatura.

Neste ano, a EaD esteve em destaque, já que a Pandemia tornou a modalidade ainda mais visada. Um estudo do Instituto Semesp mostrou que 21,7% dos alunos dos cursos presenciais gostariam de migrar para o ensino híbrido. Com isso, nota-se pela primeira vez graduações a distância em destaque no Guia. Só no Núcleo de Educação a Distância da UEM, metade dos cursos foram bem classificados, são eles: Administração Pública, Ciências Biológicas e Física.

De acordo com o professor Fabrizio Meller da Silva, coordenador de Administração Pública, a readequação do novo projeto pedagógico, mais dinâmico e prático vinculado aos setores públicos, faz parte dessa conquista. Além disso, o curso foi o primeiro da modalidade EaD da UEM, “então esse modelo do ensino já está bem inserido no departamento de Administração, que faz a gestão do curso. Ou seja, a conquista em si vem de vários anos de coordenação e professores que foram se aperfeiçoando com as ferramentas do ensino a distância e com isso conseguiu essa colocação”.

A Mary Cerutti Poli é acadêmica do primeiro período do curso, escolheu a EaD devido à flexibilidade de horário e a Instituição pela referência da Universidade pública e de qualidade. “E também porque almejo fazer um mestrado na área de ciências sociais e a Universidade oferece essa possibilidade”, continuou Mary.



O acadêmico do 5º ano da graduação em Física EaD, Marcelo Munefumi Furuguem escolheu a graduação a distância da UEM pelos mesmos motivos da Mary, e para ele a boa classificação do curso abre portas para o preparo em diversas áreas do conhecimento, “o limite é imaginação e o empenho de querer fazer isso acontecer”. O aluno também contou como foi a prática durante os cinco anos de Física a distância. “Foi uma experiência única para uma área de conhecimento tão complexo que exige um preparo e conhecimento técnico matemático para desenvolver as atividades solicitadas pelos professores, exige disciplina e organização dos horários, te dá Liberdade para organizar as atividades conforme a sua necessidade, mas também exige uma organização mais ampla que você vai levar para sua vida toda”, relatou o acadêmico.

Segundo o coordenador, Luciano Gonsalves Costa, esta conquista vem de múltiplos fatores, “O resultado alcançado representa um reconhecimento ao esforço departamental e institucional em prol da melhoria da educação na área de influência da UEM”, comentou o professor.

A professora Josimayre Novelli, diretora do Nead-UEM, explicou que parte do reconhecimento dos cursos EaD estão no investimento que a direção tem feito na capacitação de professores e tutores, por meio da oferta de cursos de capacitação. “Isso tem feito a diferença na formação tanto dos docentes quanto dos alunos e na qualidade da oferta desses cursos. E também temos trabalhado no incentivo e conscientização de ter disciplina e rotina de estudos”.

O professor José Ricardo Falco é o coordenador da graduação em Ciências Biológicas a distância da UEM, que também está no Guia da Faculdade como um curso estrelado e para ele esta é uma demonstração da qualidade dos cursos EaD. “Essa conquista foi obtida com a adequação curricular aos parâmetros exigidos, com investimento na qualificação docente para a modalidade, organização do ambiente virtual de aprendizagem e envolvimento da equipe de apoio (docentes, tutores presenciais, tutores a distância, coordenadores de pólo, secretaria de curso e equipe do Nead)”, explicou o coordenador.

Para as alunas da graduação em Ciências Biológicas, a Educação a Distância permite mais flexibilidade em manter as atividades do dia a dia, mas isso não significa que a dificuldade é amenizada. "O curso tem alto nível de exigência e nos faz crescer como profissionais, nos dando bases não apenas científicas mas também humanas e filosóficas", comentou Angelica dos Santos De Souza, graduanda do último ano do curso.

Já Josiane Aline de Oliveira Benatti está passando pela segunda graduação EaD-UEM e disse ter escolhido a Instituição por já conhecer o ambiente e acreditar que as Ciências Biológicas poderá somar ainda mais no sua experiência como peadagoga. "Uma área nova e desconhecida mas com uma gama de conhecimento oferecido pelo curso enorme. Por inúmeras vezes fui desafiada, nesse início de curso, a me reinventar e buscar mais conhecimento dentro e fora dos ambientes de aprendizagem", complementou a estudante.

Essa relação que os acadêmicos demonstram com o ambiente estudantil comprova que o plano de gestão atual, de tornar a palavra “a distância” apenas parte da modalidade aproximando os acadêmicos da Instituição, vem sendo bem empregado. “Durante esses três anos de gestão, temos construído um trabalho consolidado de maior integração entre coordenadores de Polo, tutores, alunos e docentes, mostrando que todos estão presentes no ambiente virtual de aprendizagem”, finalizou a professora Josimayre.


Voltar