CONEXÃO CIÊNCIA RELATA OS BENEFÍCIOS DA AMAMENTAÇÃO
28/09/2021 - Novidades


Por meio do relato emocinante de uma mãe em plena pandemia, o canal Conexão Ciência, da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UEM, explica a importância da amamentação exclusiva até os 06 meses de idade dos bebês. Esta é uma recomendação da Organização Mundial da Saúde, isso porque o leite humano possui todos os nutrientes necessários até esta fase da vida.



Conheça a experiência da Aline e como ela superou todos os obstáculos para amamentar seu bebê.

A segunda gravidez de Aline Thomé, uma paranaense de Maringá, foi uma batalha. A esteticista descobriu que o filho que carregava no ventre, o Emanuel, tinha um problema no coração. A má formação estava associada à Trissomia do Cromossomo 21, mais conhecida como Síndrome de Down. Os médicos descobriram um “defeito” no septo ventricular, isto é, não existia divisão entre os compartimentos do coração e o sangue venoso se misturava com o arterial. Por isso, ele iria precisar de uma cirurgia.

Aline já sabia da importância da amamentação. Já havia travado uma luta para conseguir amamentar a primeira filha, Ester, e tinha consciência de que seria muito importante criar esse hábito na vida de Emanuel também. Outro desafio se aproximava, porque, além do problema cardíaco, as chances do Emanuel ter dificuldade na amamentação eram maiores, porque a Síndrome de Down causa flacidez muscular no corpo e no rosto da criança, dificultando a extração do leite pelo recém-nascido.

Por outro lado, Aline tinha consciência de que amamentar seu filho com o leite humano era essencial. Primeiro, porque além de exercitar a face do Emanuel, o leite materno possui muitos benefícios imunológicos para o bebê. “Vi que a amamentação seria muito importante para o desenvolvimento da face do Emanuel, porque o trabalho motor ao mamar colabora no desenvolvimento dentário e na fala”, relata Aline.

Contiue lendo em: https://conexaociencia.com.br/vida-longa-a-amament...


Voltar