PROFESSORES DO NEAD-UEM CONVIDAM DOCENTES E ALUNOS PARA GRUPO DE ESTUDOS SOBRE LETRAMENTO DIGITAL
18/09/2021 - Novidades


O Grupo de Pesquisa em Letramentos Digitais (GPeLD) é o primeiro que reúne docentes e pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento, mas com um objetivo comum, ampliar o diálogo e a didatização sobre o processo de ensino e aprendizagem a partir do uso das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TDIC).

De acordo com os pesquisadores do grupo, o uso dos smartphones, como peça indispensável ao jovem, vem modificando a forma como esses jovens entendem o mundo e a si prórprios. Essas transformações têm alterado significativamente o modo de pesquisar e estudar. Porém, é notado que o sistema escolar brasileiro não vem acompanhando com trabalho efetivo para o uso das ferramentas digitais como apoio ao processo de ensino e aprendizagem. Nesse contexto, o GPeLD busca repensar os modelos educacionais que não se enquadram mais na atualidade e abrir novas perspectivas de oportunidades e conhecimentos.“Um dos objetivos principais do grupo de pesquisa é oportunizar a discussão teórico-metodológica sobre as metodologias mais adequadas à educação a distância e ao Ensino Remoto Emergencial, bem como repensar a prática docente continuada em um cenário de pandemia e pós-pandemia. Nesse sentido, nossas discussões poderão contribuir com a formação docente inicial e continuada, e também com as pesquisas desenvolvidas nessa área”, afirma a líder do grupo de pesquisa, profa. Dra. Josimayre Novelli.

O grupo foi criado pelos professores que compoem a coordenação e gestão do Núcleo de Educação a Distância da Universidade Estadual de Maringá. A líder do GPeLD é a diretora do Nead, professora Josimayre Novelli, que, com a experiência da gestão do Núcleo, irá contribuir para a discussão da formação continuada de professores no contexto do letramento digital. Também fazem parte do grupo a professora Josiane Medeiros de Mello e o professor Flávio Rodrigues, ambos da Equipe Multidisciplinar do Nead, que com a vivência de criação de cursos de extensão e eventos EaD vão somar para novas perspectivas para inclusão das TDIC no processo de ensino e aprendizagem. O professor Luciano Carvalhais Gomes, é coordenador adjunto UAB-UEM e conhece a importância do trabalho em rede. A professora Anne Rose dos Santos, é docente da Educação a Distância e como membro do grupo contibuirá para o engradecimento das pesquisas bibliográficas.

Os econtros serão virtuais e sempre às quintas-feiras, às 18h. O primeiro será no próximo dia 16, por meio da Plataforma Google Meet: https://meet.google.com/hco-broc-ygb. O cronograma das reuniões seguintes será aprovado neste primeiro evento. Na mesma oportunidade será também distribuída a relação das leituras e temas a serem debatidos.

Todos os docentes, alunos de graduação e pós-graduação e também interessados nessa temática estão convidados a participar do Grupo de Pesquisa, bem como pesquisadores de outras Instituições de Ensino.


Voltar